Saltar para o conteúdo principal
Versão: 20 R5 BETA

Sobre a linguagem 4D

A linguagem integrada 4D, que conta com mais de 1300 comandos, faz com que 4D seja uma ferramenta de desenvolvimento poderosa para aplicações de banco de dados em computadores desktop. Pode usar a linguagem 4D para muitas tarefas diferentes, desde a realização de cálculos simples até a criação de interfaces complexas de usuário personalizadas. Por exemplo é possível:

  • Acessar por programação qualquer dos editores de gestão de registros (ordenar por, pesquisar, etc),
  • Criar e imprimir relatórios complexos ou etiquetas com a informação do banco de dados,
  • Comunicar-se com outros aparelhos,
  • Enviar emails,
  • Gerenciar documentos e páginas web,
  • Importação e exportação de dados entre os bancos de dados 4D e outras aplicações,
  • incorporar procedimentos escritos em outras linguagens na linguagem de programação 4D

A flexibilidade e poder da lnguagem de programação 4D faz com que seja ferramenta ideal para todos os níveis de usuários e desenvolvedores oferecendo uma completa gama de tarefas de gestão da informação. Os usuários principiantes podem realizar rapidamente os cálculos. Os usuários mais experientes podem personalizar seus bancos de dados mesmo sem saber programação. Desenvolvedores com experiência podem usar essa linguagem de programação poderosa para adicionar funcionalidades sofisticadas para seus bancos de dados, inclusive transferência de arquivos, comunicação, monitoramento. Os desenvolvedores com experiência em programação em outras linguagens podem adicionar seus próprios comandos à linguagem 4D.

O que é uma linguagem?

A linguagem 4D não é muito diferente da linguagem falada usada diariamente. É uma forma de comunicação usada para expressar ideias, informar e instruir. Como em uma linguagem falada, 4D tem seu vocabulário, gramática e sintaxe; pode usar a linguagem para dizer a 4D como gerenciar seus dados e seu banco de dados.

Não precisa saber tudo sobre a linguagem para começar a trabalhar com 4D de forma efetiva. Da mesma forma que para falar você não precisa saber tudo sobre sua língua; na verdade, é possível ter um vocabulário pequeno e ainda ser bem eloquente. A linguagem 4D é mais ou menos a mesma coisa - precisa saber apenas uma pequena parte da linguagem para ser produtivo, e pode aprender o resto quando tiver necessidade.

Por que usar a Linguagem?

No começo pode parecer que não há muita necessidade de uma linguagem de programação em 4D. No ambiente Design, 4D fornece ferramentas flexíveis que exigem programação para realizar uma grande variedade de tarefas de gerenciamento de dados. Tarefas fundamentais, como entrada de dados, pesquisas, ordenação e relatórios são manejados com facilidade. Muitas capacidades extras estão disponíveis, tais como validação de dados, as ajudas para a introdução de dados, os gráficos e a geração de etiquetas.

Então para que é necessário uma linguagem 4D? Aqui estão alguns usos:

  • automatizar tarefas repetitivas: essas tarefas incluem modificação de dados, geração de relatórios complexos e realização sem intervenções de séries longas de operações.
  • Controle a interface de usuário: pode gerenciar as janelas e os menus, e controlar os formulários e os objetos da interface.
  • Realizar uma gestão de dados sofisticada: essas tarefas incluem processamento de transação, validação de dados complexos, gerenciamento multiusuário, e operações de seleção temporárias.
  • Controle o computador: pode controlar as comunicações de portos seriais, a gestão de documentos e a gestão de erros.
  • Criar aplicações: pode criar bancos de dados personalizados e fáceis de usar que rodam no ambiente Aplicação.
  • Adicionar funcionalidade ao servidor integrado web 4D: construir e atualizar páginas web dinâmicas preenchidas com seus dados.

A linguagem lhe dá controle total sobre o design e operação de seus banco de dados. 4D fornece editores "genéricos", mas a linguagem permite que personalize seu banco de dados para qualquer grau necessário.

Tomar o controle de seus dados

A linguagem 4D lhe permite tomar o controle total de seus dados de uma maneira poderosa e elegante. A linguagem é fácil o suficiente para os iniciantes e sofisticada o bastante para os desenvolvedores com experiência. Fornece transições suavez desde as funções do banco de dados integradas até ter um banco de dados completamente personalizado.

Os comandos da linguagem 4D oferecem acesso aos editores padrão de gestão de registros. Puede indicar al comando que busque los datos descritos explícitamente. Pode dizer ao comando para pesquisar por dados descritos explicitamente. Por ejemplo, QUERY([People];[People]Last Name="Smith") encontrará todas las personas de apellido Smith en su base.

A linguagem 4D é bem poderosa - um comando pode substituir centenas ou até milhares de linhas de códigos escritas nas linguagens tradicionais. Surpreendentemente, esse poder vem com bastante simplicidade - comandos com nomes em inglês comum. Por ejemplo, para realizar una búsqueda, se utiliza el comando QUERY; para añadir un nuevo registro, se utiliza el comando ADD RECORD.

A linguagem foi criada para você realizar facilmente qualquer tarefa. Adicionar um registro, ordenar registros, pequisar por dados e operações similares são especificadas com comandos simples e diretos. Mas a linguagem também pode controlar as portas seriais, ler documentos no disco, controlar o processamento de transações complexas e muito mais.

A linguagem 4D realiza mesmo as tarefas mais sofisticadas com relativa simplicidade. Realizar essas tarefas sem usar a linguagem seria muito complicado. Mesmo com os comandos poderosos da linguagem, algumas tarefas podem ser complexas e difícil. Uma ferramenta sozinha não torna uma tarefa possível; a tarefa em si mesma pode ser tão difícil que a ferramenta só vai facilitar o processo. Por exemplo, um processador de textos faz com que escrever um livro seja muito mais fácil e rápido, mas não vai escrever o livro para você. Usar a linguagem 4D faz com que o processamento de gerenciamento de seus dados seja mais fácil e permite lidar com tarefas complicadas com confiança.

Essa é uma linguagem de computação "tradicional?"?

Se estiver familiarizado com as linguagens tradicionais de programação, essa seção será de seu interesse. Se não, também pode pular o próximo parágrafo.

A linguagem 4D não é uma linguagem de programação tradicional. É uma das linguagens mais inovadoras e flexíveis do momento. Foi criada para adaptar-se a você e não o contrário.

Para usar linguagens tradicionais, é preciso preparação ampla. De fato, planejamento é um dos principais passos de desenvolvimento. 4D deixa que você comece a usar a linguagem a qualquer momento e em qualquer parte do banco de dados. Pode começar adicionando um método para um formulário depois adicionar um ou mais métodos. A medida em que seu banco de dados ficar mais sofisticado, pode adicionar um método de projeto controlado por um menu. Pode usar o quanto quiser da linguagem. Não é algo "tudo ou nada", como é o caso em vários bancos de dados.

As linguagens tradicionais forçam você a definir e pré-declarar objetos em termos sintáticos formais. Em 4D simplesmente se pode criar um objeto, como um botão, e usá-lo. 4D automaticamente gerencia o objeto para você. Por exemplo, para usar um botão, o desenha em um formulário e lhe dá um nome. Quando o usuário clicar no botão, a linguagem notifica automaticamente a seus métodos.

Linguagens tradicionais geralmente são rígidas e inflexíveis, exigindo que comandos sejam digitados de modo formal e em estilo restritivo. A linguagem 4D rompe com essa tradição para o benefício do usuário.