Saltar para o conteúdo principal
Versão: v20 R3

Obter informação do servidor

Pode obter várias informações do servidor REST:

  • os bancos expostos e seus atributos
  • os conteúdos de cache do servidor REST, incluindo sessões de usuário.

Utilize os parâmetros $catalog, $catalog/{dataClass}, o $catalog/$all para obter a lista de as classes de dados expostas e seus atributos.

Para obter a coleção de todas as classes de dados expostas junto com seus atributos:

GET /rest/$catalog/$all

Informação de Cache

Use o parâmetro $info para obter informações sobre as seleções de entidade armazenadas atualmente na cache de 4D Server' assim como sobre a execução de sessões de usuário.

queryPath e queryPlan

As seleções de entidade que são geradas através de pesquisas podem ter duas propriedades : queryPlan e queryPath. Para calcular e retornar essas propriedades, precisa apenas adicionar um $queryPlan ou $queryPath na petição REST.

Por exemplo:

GET /rest/People/$filter="employer.name=acme AND lastName=Jones"&$queryplan=true&$querypath=true

Essas propriedades são objetos que contém informação sobre como o servidor realiza pesquisas compostas internamente através de dataclasses e relações:

  • queryPlan: objeto contendo a descrição detalhada da pesquisa logo antes de ser executada (ou seja, a pesquisa planejada).
  • queryPath: objeto contendo a descrição detalhada da pesquisa como foi realizada.

A informação registrada inclui o tipo de pesquisa (indexada e sequencial) e cada subpesquisa necessária junto com operações de conjunção. As rotas de acesso das petições também contém o número de entidades encontradas e o tempo necessário para executar cada critério de pesquisa. As rotas de acesso das petições também contém o número de entidades encontradas e o tempo necessário para executar cada critério de pesquisa. Geralmente a descrição do plano de pesquisa e sua rota são idênticas, mas podem diferir porque 4D pode implementar otimizações dinâmicas quando uma pesquisa for executada para melhorar desempenho. Por exemplo, o motor 4D pode converter dinamicamente uma consulta indexada em uma consulta sequencial se estimar que seja mais rápido. Esse caso particular pode acontecer quando o número de entidades sendo pesquisada é baixo.