Saltar para o conteúdo principal
Versão: v20 R4 BETA

Control flow

Independentemente da simplicidade ou da complexidade de um método, sempre utilizará um ou vários dos três tipos de estruturas de programação. As estruturas de programação determinam o fluxo de execução, se serão executadas, e a ordem das linhas de instruções dentro do método. Há três tipos de estruturas:

  • Sequencial: uma estrutura sequencial é uma estrutura simples e linear. Uma sequência é uma série de sentenças que 4D executa uma atrás da outra, da primera à última. Uma instrução de uma linha, utilizada frequentemente para os métodos dos objetos, é o caso mais simples de uma estrutura sequencial. Por exemplo: [People]lastName:=Uppercase([People]lastName)

  • Branching: uma estrutura de bifurcação permite que os métodos provem uma condição e tomem caminhos alternativos, dependendo do resultado. A condição é uma expressão booleana, uma expressão que avalia TRUE ou FALSE Uma estrutura condicional e a estrutura If... Uma estrutura condicional e a estrutura <code>If... Else... End if, que dirige o fluxo do programa ao longo de um dos dois caminhos. A outra estrutura condicional é a estrutura Case of... End case que direciona fluxo de programa para um de muitas caminhos.

  • Bucle: quando se escrevem métodos, é muito comum descobrir que se necessita que uma sequência de sentenças se repita um número de vezes. Para lidar com esta necessidade, a linguagem 4D oferece as estruturas de loop abaixo:

Os loops são controlados de duas maneiras: ou fazem loop até que uma condição seja satisfeita, ou fazem loop um número especificado de vezes. Cada estrutura de looping pode ser usada de qualquer forma, mas loopsWhile e Repeat são mais apropriados para repetir até que uma condição seja satisfeita, e loops For são mais apropriados para looping um número especificado de vezes. For each... End for each permite misturar ambas as formas e foi concebido para fazer loop dentro de objectos e colecções.

Nota: 4D permite incorporar estruturas de programação até uma "profundidade" de 512 níveis.

If... Else... End if

The formal syntax of the If... Else... End if control flow structure is:

 If(Boolean_Expression)
statement(s)
Else
statement(s)
End if

Note que a parte Else é opcional; pode escrever:

 If(Boolean_Expression)
statement(s)
End if

The If... Else... End if structure lets your method choose between two actions, depending on whether a test (a Boolean expression) is TRUE or FALSE. Quando a expressão Booleana for TRUE, são executadas as declarações que seguem imediatamente ao teste. Se a expressão Booleana for FALSE, são executadas as declarações que seguem a linha Else. A declaração Else é opcional; se omitir Else, a execução continua com a primeira instrução (se houver) que seguir End if.

Note que a expressão booleana é sempre avaliada completamente. Considere particularmente o teste abaixo:

 If(MethodA & MethodB)
...
End if

A expressão é TRUE apenas se ambos os métodos forem TRUE. Entretanto, mesmo se MethodA devolver FALSE, 4D ainda iria avaliar MethodB, o que seria uma perda de tempo. Nesse caso, é mais interessante usar uma estrutra como:

 If(MethodA)
If(MethodB)
...
End if
End if

O resultado é parecido mas o MethodB é avaliado somente se necessário.

Note: The ternary operator allows writing one-line conditional expressions and can replace a full sequence of If..Else statements.

Exemplo

  // Ask the user to enter a name
$Find:=Request(Type a name)
If(OK=1)
QUERY([People];[People]LastName=$Find)
Else
ALERT("You did not enter a name.")
End if
End if
End if

Dica: A ramificação pode ser realizada sem que as instruções sejam executadas em um caso ou no outro. Quando desenvolver um algoritmo ou uma aplicação especializada, nada impede que escreva:

 If(Boolean_Expression)
Else
statement(s)
End if

ou :

 If(Boolean_Expression)
statement(s)
Else
End if

Case of... Else... End case

The formal syntax of the Case of... Else... End case control flow structure is:

 Case of
:(Boolean_Expression)
statement(s)
:(Boolean_Expression)
statement(s)
.
.
.

:(Boolean_Expression)
statement(s)
Else
statement(s)
End case

Note que a parte Else é opcional; pode escrever:

 Case of
:(Boolean_Expression)
statement(s)
:(Boolean_Expression)
statement(s)
.
.
.

:(Boolean_Expression)
statement(s)
End case

As with the If... End if structure, the Case of... End case structure also lets your method choose between alternative actions. Unlike the If... End if structure, the Case of... End case structure can test a reasonable unlimited number of Boolean expressions and take action depending on which one is TRUE.

Cada expressão booleana é precedida de dois pontos (:). A combinação dos dois pontos e da expressão booleana é chamada de um caso. Por exemplo, a linha abaixo é um caso:

:(bValidate=1)

Só são executadas as instruções que seguem o primeiro caso TRUE (até o próximo caso). Se nenhum dos casos for TRUE, nenhuma das instruções será executada (se nenhuma parte Else for incluida).

Pode incluir uma instrução Else depois do último caso. Se todos os casos forem FALSE, as instruções que seguem Else serão executadas.

Exemplo

Esse exemplo testa uma variável numérica e exibe uma caixa de alerta com uma apalavra:

 Case of
:(vResult=1) //Teste se o número é 1
ALERT("One.") //Se for 1, mostrar um alerta
:(vResult=2) //Testar se o número é 2
ALERT("Two.") //Se for 2, exibe um alerta
:(vResult=3) //Testa se o número é 3
ALERT("Three.") //Se for 3, exibe um alerta
Else //Se não for 1, 2, ou 3, exibe um alerta
ALERT("It was not one, two, or three.")
//statement(s)
End case //If it is 2, display an alert
:(vResult=3) //Test if the number is 3
ALERT("Three.") //If it is 3, display an alert
Else //If it is not 1, 2, or 3, display an alert
ALERT("It was not one, two, or three.")
//statement(s)
End case

For comparison, here is the If... Else... End if version of the same method:

 If(vResult=1) //Teste se o número é 1
ALERT("One.") If(vResult=1) //Test if the number is 1
ALERT("One.") //If it is 1, display an alert
Else
If(vResult=2) //Test if the number is 2
ALERT("Two.") //If it is 2, display an alert
Else
If(vResult=3) //Test if the number is 3
ALERT("Three.") //If it is 3, display an alert
Else //If it is not 1, 2, or 3, display an alert
ALERT("It was not one, two, or three.")
End if
End if
End if //If it is 2, display an alert
Else
If(vResult=3) //Test if the number is 3
ALERT("Three.") //If it is 3, display an alert
Else //If it is not 1, 2, or 3, display an alert
ALERT("It was not one, two, or three.")
End if
End if
End if

Remember that with a Case of... Else... End case structure, only the first TRUE case is executed. Mesmo se dois ou mais casos forem TRUE, só as instruções que seguirem o primeiro caso TRUE serão executadas.

Dessa maneira, quando quiser implementar testes hierárquicos, deve garantir que as declarações de condição que estejam mais abaixo no esquema hierárquico apareçam primeiro na sequência de testes. Por exemplo, o teste para a presença da condition1 cobre o teste para a preença de condition1&condition2 e portanto deveria estar localizada por último na sequência de testes. Por exemplo, o código abaixo nunca terá sua última condição detectada:

 Case of
:((vResult=1) & (vCondition#2)) //this case will be detected first
... //statement(s)
:(vResult=1)
...

No código anterior, a presença da segunda condição não é detectada, já que o teste "vResult=1" ramifica o código antes de qualquer outro teste. Para que o código funcione corretamente, pode escrevê-lo assim:

 Case of
:(vResult=1) //Test if the number is 1
ALERT("One.") //If it is 1, display an alert
:(vResult=2) //Test if the number is 2
ALERT("Two.") //If it is 2, display an alert
:(vResult=3) //Test if the number is 3
ALERT("Three.") //If it is 3, display an alert
Else //If it is not 1, 2, or 3, display an alert
ALERT("It was not one, two, or three.")
End case

Além disso, se quiser implementar teste hierárquico, pode considerar usar um código hierárquico.

Dica: a ramificação|branching pode ser feita sem que as instruções sejam executados em um caso ou outro Quando desenvolver um algoritmo ou uma aplicação especializada, nada impede que escreva: Quando desenvolver um algoritmo ou uma aplicação especializada, nada impede que escreva: Quando desenvolver um algoritmo ou uma aplicação especializada, nada impede que escreva: Quando desenvolver um algoritmo ou uma aplicação especializada, nada impede que escreva: Quando desenvolver um algoritmo ou uma aplicação especializada, nada impede que escreva:

 Case of
:(Boolean_Expression)
:(Boolean_Expression)
...

:(Boolean_Expression)
statement(s)
Else
statement(s)
End case

ou :

 Case of
:(Boolean_Expression)
statement(s)
:(Boolean_Expression)
statement(s)
...

:(Boolean_Expression)
statement(s)
Else
End case

ou :

 Case of
Else
statement(s)
End case

While... End while

The formal syntax of the While... End while control flow structure is:

 While(Boolean_Expression)
statement(s)
{break}
{continue}
End while

A While...End while loop executes the statements inside the loop as long as the Boolean expression is TRUE. Comprova a expressão booleana ao início do loop e não entra no loop se a expressão for FALSE.

The break and continue statements are described below.

It is common to initialize the value tested in the Boolean expression immediately before entering the While... End while loop. Initializing the value means setting it to something appropriate, usually so that the Boolean expression will be TRUE and While... End while executes the loop.

O valor da expressão booleana deve poder ser modificado por um elemento dentro do loop, do contrário será executado indefinidamente. O próximo loop continua para sempre porque NeverStop sempre será TRUE:

 NeverStop:=True
While(NeverStop)
End while

Se você se encontrar em uma situação desse tipo, na qual um método fica executando de forma descontrolada, pode usar as funções de rastreamento para parar o loop e rastrear o problema. Para saber mais sobre o rastreio de um método veja a página Error handling.

Exemplo

 CONFIRM("Add a new record?") //o usuário quer adicionar um registro? CONFIRM("Add a new record?") //The user wants to add a record?
While(OK=1) //Loop enquanto o usuário quiser
ADD RECORD([aTable]) //Adiciona um novo registro
End while //O loop sempre termina com End while

Nesse exemplo, o valor da variável sistema OK é estabelecida pelo comando CONFIRM antes de que inicia o loop. Se o usuário clicar no botão OK da caixa de diálogo de confirmação, a variável do sistema OK toma o valor 1 e se inicia o loop. Senão, a variável de sistema OK toma o valor 0 e se omite o loop. Quando iniciar o loop, o comando ADD RECORD permite continuar a execução do loop porque se define a variável sistema OK em 1 quando o usuário salvar o registro. Quando o usuário cancelar (não salvar) o último registro, a variável do sistema OK é estabelecida como 0 e o loop para.

Repeat... Until

The formal syntax of the Repeat... Until control flow structure is:

Repeat
statement(s)
{break}
{continue}
Until(Boolean_Expression)

Um ciclo Repeat...Until é como um ciclo While...End while, exceto que testa a expressão booleana depois do ciclo e não antes. Thus, a Repeat...Until loop always executes the loop once, whereas if the Boolean expression is initially False, a While...End while loop does not execute the loop at all.

The other difference with a Repeat...Until loop is that the loop continues until the Boolean expression is TRUE.

The break and continue statements are described below.

Exemplo

Compare the following example with the example for the While... End while loop. Lembre que a expressão booleana não precisa ser iniciada - não há um comando CONFIRM para inicializar a variável OK.

 Repeat
ADD RECORD([aTable])
Until(OK=0)

For...End for

The formal syntax of the For... End for control flow structure is:

For(Counter_Variable;Start_Expression;End_Expression{;Increment_Expression})
statement(s)
{break}
{continue}
End for

The For... End for loop is a loop controlled by a counter variable:

  • The counter variable Counter_Variable is a numeric variable (Real or Long Integer) that the For... End for loop initializes to the value specified by Start_Expression.
  • Cada vez que se executa o loop, a variável do contador se incrementa no valor especificado no valor opcional Increment_Expression. Se não especificar Increment_Expression, a variável contadora é incrementada por um (1), que é o padrão.
  • Quando a variável contador passar o valor End_Expression daí o loop para.

Importante: as expressões numéricas Start_Expression, End_Expression e Increment_Expression são avaliadas apenas uma vez no começo do loop. Se essas expressões forem variáveis, mudar uma deles dentro do loop não vai afetar o loop.

Dicas: Entretanto, para fins especiais, pode mudar o valor da variável Counter_Variable dentro do loop; isso afetará o loop.

  • Geralmente Start_Expression pe menor que End_Expression.
  • Se Start_Expression e End_Expression forem iguais, o loop se executará só uma vez.
  • Se Start_Expression for maior que End_Expression, o loop não vai executar a não ser que especifique uma Increment_Expression negativa. Ver os exemplos.

The break and continue statements are described below.

Exemplos básicos

  1. O seguinte exemplo executa 100 iterações:
 For(vCounter;1;100)
//Faz algo
End for
  1. O exemplo abaixo percorre todos os elementos no array anArray:
 For($vlElem;1;Size of array(anArray))
//Fazer algo com o elemento
anArray{$vlElem}:=...
End for
  1. O exemplo abaixo recorre todos os caracteres do texto vtSomeText:
 For($vlChar;1;Length(vtSomeText))
//Faz algo com o caractere se for uma TAB
If(Character code(vtSomeText[[$vlChar]])=Tab)
//...
End if
End for
  1. O exemplo abaixo recorre os registros selecionados para a tabela [aTable]:
 FIRST RECORD([aTable])
For($vlRecord;1;Records in selection([aTable]))
//Faz algo com o registro
SEND RECORD([aTable])
//...
//Vai para o próximo registro
NEXT RECORD([aTable])
End for

Most of the For...End for loops you will write in your projects will look like the ones listed in these examples.

Variável contador

Variável contador decrescente

Em alguns casos, pode querer ter um loop cuja variável de contador seja decrescente ao invés de crescente. Para fazer isso, deve especificar Start_Expression maior que End_Expression e Increment_Expression deve ser negativa. Os exemplos abaixo fazem a mesma coisa que nos exemplos acima, mas na ordem inversa:

  1. O seguinte exemplo executa 100 iterações:
 For(vCounter;100;1;-1)
//Faz algo
End for
  1. O exemplo abaixo percorre todos os elementos no array anArray:
 For($vlElem;Size of array(anArray);1;-1)
//Faz algo com o elemento
anArray{$vlElem}:=...
End for
  1. O exemplo abaixo recorre todos os caracteres do texto vtSomeText:
 For($vlChar;Length(vtSomeText);1;-1)
//Faz algo com o caractere se for uma TAB
If(Character code(vtSomeText[[$vlChar]])=Tab)
//...
End if
End for
  1. O exemplo abaixo recorre os registros selecionados para a tabela [aTable]:
 LAST RECORD([aTable])
For($vlRecord;Records in selection([aTable]);1;-1)
//Faz algo com o registro
SEND RECORD([aTable])
//...
//Ir ao registro anterior
PREVIOUS RECORD([aTable])
End for

Incrementar a variável do contador em mais de um

Se precisar, pode usar uma Increment_Expression (positiva ou negativa) cujo valor absoluto seja maior que um.

  1. O loop a seguir aborda só os elementos pares do array anArray:
 For($vlElem;2;Size of array(anArray);2)
//Faz algo com o elemento #2,#4...#2n
anArray{$vlElem}:=...
End for

Optimizing the execution of the For... End for loops

Pode utilizar variáveis reais e inteiras, assim como contadores interprocesso, de processo e de variáveis locais. Para loops repetitivos longos, especialmente em modo compilado, use variáveis locais de tipo Inteiro longo.

  1. Aqui um exemplo simples:
 var $vlCounter : Integer //usa variáveis Integer locais 
For($vlCounter;1;10000)
//Faz algo
End for

Comparação de estruturas de loop

Let's go back to the first For... End for example. O seguinte exemplo executa 100 iterações:

 For(vCounter;1;100)
//Faz algo
End for

Here is the equivalent While... End while loop:

 $i:=1 //Initializa o contador
While($i<=100) //Loop 100 vezes
//Faz algo
$i:=$i+1 //Precisa incrementar o contador
End while

Here is the equivalent Repeat... Until loop:

 $i:=1 //Initializa o contador
Repeat
//Faz algo
$i:=$i+1 //Precisa incrementar o contador
Until($i=100) //Loop 100 vezes
tip

Here is the equivalent While... Therefore, use the <code>For... End for loop whenever possible.

Nested For... End for looping structures

Pode aninhar tantas estruturas de controle (dentro do razoável) como precisar. This includes nesting For... End for loops. Para evitar erros, tenha certeza de usar variáveis contador diferentes para cada estrutura de looping.

Aqui são dois exemplos:

  1. O exemplo abaixo percorre todos os elementos em um array de duas dimensões:
 For($vlElem;1;Size of array(anArray))
//...
//Faz algo com a linha
//...
For($vlSubElem;1;Size of array(anArray{$vlElem}))
//Faz algo com o elemento
anArray{$vlElem}{$vlSubElem}:=...
End for
End for
  1. O seguinte exemplo constrói um array de ponteiros a todos os campos de data presentes no banco:
 ARRAY POINTER($apDateFields;0)
$vlElem:=0
For($vlTable;1;Get last table number)
If(Is table number valid($vlTable))
For($vlField;1;Get last field number($vlTable))
If(Is field number valid($vlTable;$vlField))
$vpField:=Field($vlTable;$vlField)
If(Type($vpField->)=Is date)
$vlElem:=$vlElem+1
INSERT IN ARRAY($apDateFields;$vlElem)
$apDateFields{$vlElem}:=$vpField
End if
End if
End for
End if
End for

For each... End for each

The formal syntax of the For each...End for each control flow structure is:

 For each(Current_Item;Expression{;begin{;end}}){Until|While}(Boolean_Expression)}
statement(s)
{break}
{continue}
End for each

A estrutura For each... End for each faz uma iteração sobre um Elemento_atual especificado sobre todos os valores de Expressão. O tipo elemento_atual depende do tipo Expression. O loop For each... End for each pode iterar através de três tipos de Expressão:

  • collections: loop por cada elemento da coleção,
  • seleções de entidades: loop em cada entidade,
  • objetos: loop em cada propriedade do objeto.

The following table compares the three types of For each... End for each:

Loop através da coleçãoLoop nas seleções de entidadesLoop nos objetos
Tipo Current_ItemVariável do mesmo tipo que os elementos da coleçãoEntityVariável texto
Tipos de expressõesColeção (com elementos do mesmo tipo)Seleção de entidadesObject
Número de loops (por padrão)Número de elementos da coleçãoNúmero de entidades na seleçãoNúmero de propriedades de objeto
Compatibilidade de parâmetros begin / endSimSimNão
  • O número de loops é avaliado no início e não muda durante o processo. Adicionar ou remover itens durante o loop não é recomendado porque resulta em iterações faltantes ou redundantes.
  • Por padrão, as instruções anexas são executadas para cada valor de Expressão. Entretanto, é possível sair do loop comprovando uma condição ao início do loop (While) ou ao final do loop (Until).
  • Os parâmetros opcionais begin e end podem ser usados com coleç~eos e seleções de entidades para definir os limites do loop.
  • The For each... End for each loop can be used on a shared collection or a shared object. If your code needs to modify one or more element(s) of the collection or object properties, you need to use the Use... End use keywords. Depending on your needs, you can call the Use... End use keywords:
    • antes de entrar no loop, se os elementos devem ser modificados juntos por razões de integridade, ou
    • dentro do loop quando só tiver que modificar alguns elementos/propriedades e não é necessário gerenciar a integridade.

The break and continue statements are described below.

Loop através da coleção

When For each... End for each is used with an Expression of the Collection type, the Current_Item parameter is a variable of the same type as the collection elements. Como padrão, o número de loops é baseado no número de elementos da coleção.

A coleção deve conter só elementos do mesmo tipo, do contrário se devolverá um erro assim que a variável Current_Item tenha sido atribuída o primeiro tipo de valor estranho.

Em cada iteração do loop, a variável Current_Item é preenchida automaticamente com o elemento correspondente da coleção. Os pontos abaixo devem ser considerados:

  • Se a variável Current_Item é de tipo objeto ou de tipo coleção (ou seja, se Expresión for uma coleção de objetos ou de coleções), ao modificar esta variável se modificará automaticamente o elemento coincidente da coleção (porque os objetos e as coleções compartem as mesmas referências). Se a variável for de tipo escalar, só se modificará a variável.
  • A variávelCurrent_Item deve ser do mesmo tipo que os elementos da coleção. Se algum elemento da coleção não for do mesmo tipo que a variável, um erro é gerado e o loop para.
  • Se a coleção conter elementos com um valor Null, se gerará um erro se o tipo de variável Current_Item não é compatível com valores Null (como as variáveis de tipo inteiro longo).

Exemplo

Se quiser computar algumas estatísticas para uma coleção de números:

 var $nums : Collection
$nums:=New collection(10;5001;6665;33;1;42;7850)
var $item;$vEven;$vOdd;$vUnder;$vOver : Integer
For each($item;$nums)
If($item%2=0)
$vEven:=$vEven+1
Else
$vOdd:=$vOdd+1
End if
Case of
:($item<5000)
$vUnder:=$vUnder+1
:($item>6000)
$vOver:=$vOver+1
End case
End for each
//$vEven=3, $vOdd=4
//$vUnder=4,$vOver=2

Loop nas seleções de entidades

When For each... End for each is used with an Expression of the Entity selection type, the Current_Item parameter is the entity that is currently processed.

O número de loops é baseado no número de entidades da seleção de entidades. Em cada iteração do loop, o parâmetro Current_Item é preenchido automaticamente com a entidade da seleção de entidade que estiver sendo processada atualmente.

Nota: se a seleção de entidades conter uma entidade que tenha sido eliminada, enquanto isso, por outro processo, ela é pulada durante o loop.

Lembre que qualquer modificação aplicada na entidade atual deve ser guardada explicitamente utilizando entity.save().

Exemplo

Se quiser aumentar o salário de todos os empregados britânicos em uma seleção de entidades:

 var emp : Object
For each(emp;ds. Employees.query("country='UK'"))
emp.salary:=emp.salary*1,03
emp.save()
End for each

Loops nas propriedades de objetos

When For each... End for each is used with an Expression of the Object type, the Current_Item parameter is a text variable automatically filled with the name of the currently processed property.

As propriedades do objeto são processadas de acordo com sua ordem de criação. Durante o loop, propriedades podem ser adicionadas ou eliminadas no objeto, sem modificar o número de loops que permanecerão no número original de propriedades do objeto.

Exemplo

Se quiser trocar os nomes para maiúsculas no objeto a seguir:

{
"firstname": "gregory",
"lastname": "badikora",
"age": 20
}

Você pode escrever:

 For each($property;$vObject)
If(Value type($vObject[$property])=Is text)
$vObject[$property]:=Uppercase($vObject[$property])
End if
End for each
{
"firstname": "GREGORY",
"lastname": "BADIKORA",
"age": 20
}

Parâmetros begin / end

Pode definir limites para a iteração usando os parâmetros opcionais inicio e fim.

Nota:os parâmetros inicio e fim só podem ser utilizados em iterações através de coleções e seleções de entidades (são ignoradas nas propriedades de objetos).

  • No parâmetro begin, passe l posilçao do elemento em Expression na que se iniciará a iteração (se inclui begin).
  • No parâmetro final, você também pode passar a posição do elemento na Expressão a qual vai parar a iteração (end é excluído).

Se omitir end ou se fim for maior que o número de elementos em Expression, os elementos são iteragids de begin até o último elemento (incluído). Se os parâmetros inicio efim forem valores positivos, representam posições reais de elementos em Expression. Se begin for um valor negativo, é recalculado como begin:=begin+Expression size (é considerado como o deslocamento offset desde o final de Expression). Se o valor calculado for negativo, inicio toma o valor 0. Nota: mesmo se inicio for negativo, a iteração continua sendo realizada na ordem normal. Se fim for um valor negativo, se recalcula como fim:=fim+tamanho da expressão

Por exemplo:

  • uma coleção contém 10 elementos (numerada de 0 a 9)
  • begin=-4 -> begin=-4+10=6 -> iteração começa no sexto elemento (#5)
  • end=-2 -> end=-2+10=8 -> iteração para antes do oitavo elemento (#7), ou seja, no sétimo elemento.

Exemplo

 var $col;$col2 : Collection
$col:=New collection("a";"b";"c";"d";"e")
$col2:=New collection(1;2;3)
var $item : Text
For each($item;$col;0;3)
$col2.push($item)
End for each
//$col2=[1,2,3,"a","b","c"]
For each($item;$col;-2;-1)
$col2.push($item)
End for each
//$col2=[1,2,3,"a","b","c","d"]

Condições Until e While

You can control the For each... End for each execution by adding an Until or a While condition to the loop. Quando uma instrução Until(condição) estiver associada ao loop, a iteração vai parar logo que a condição seja avaliada como True, mas no caso de uma instrução While(condición), a iteração para quando a condição for avaliada, pela primeira vez, como False.

Pode passar qualquer uma das duas palavras chave em função das suas necessidades:

  • A condição Until é testada no final de cada iteração, portanto, se a Expressão não for vazia ou nula, o loop será executado pelo menos uma vez.
  • A condição While é testada no início de cada iteração, então de acordo com o resultado da condição, o loop não poderá ser executado de forma alguma.

Exemplo

 $colNum:=New collection(1;2;3;4;5;6;7;8;9;10)

$total:=0
For each($num;$colNum)While($total<30) //testado no começo
$total:=$total+$num
End for each
ALERT(String($total)) //$total = 36 (1+2+3+4+5+6+7+8)

$total:=1000
For each($num;$colNum)Until($total>30) //testado no final
$total:=$total+$num
End for each
ALERT(String($total)) //$total = 1001 (1000+1)

break e continue

Todas as estruturas de looping acima suportam as instruções break e continue. Estas instruções dão-lhe mais controlo sobre os loops, permitindo-lhe sair do ‘loop’ e ignorar a iteração atual a qualquer momento.

break

A instrução break termina o ciclo que a contém. Control of the program flows to the statement immediately after the body of the loop.

If the break statement is inside a nested loop (loop inside another loop), the break statement will terminate the innermost loop.

Exemplo

For (vCounter;1;100)
If ($tab{vCounter}="") //se uma condição se tornar verdadeira
break //fim do ciclo for
End if
End for

continue

The continue statement terminates execution of the statements in the current iteration of the current loop, and continues execution of the loop with the next iteration.

var $text : Text
For ($i; 0; 9)
If ($i=3)
continue //passa diretamente para a próxima iteração
End if
$text:=$text+String($i)
End for
// $text="012456789"

return {expression}

Histórico
VersãoMudanças
v19 R4Adicionado

A declaração return pode ser chamada de qualquer lugar. Quando uma declaração return é utilizada numa função ou método, a execução da função ou método é interrompida. O código restante não é executado e o controlo é devolvido ao autor da chamada.

A declaração return pode ser utilizada para devolver um valor ao autor da chamada.

Exemplo

var $message : Text
var $i : Integer While (True) //infinite loop
$i:=$i+1
$message+=String($i)+"A\r" // until 5
logConsole($message)
If ($i=5)
return //stops the loop
End if
$message+=String($i)+"B\r" // until 4
logConsole($message)
End while
$message+=String($i)+"C\r" //never executed
logConsole($message)

// 1A
// 1B
// 2A
// 2B
// 3A
// 3B
// 4A
// 4B
// 5A